quarta-feira, 7 de novembro de 2012

A cegueira dos homens, a visão de Deus

Quando não enxergamos, Ele nos mostra a saída




O profeta Eliseu avisou o rei de Israel por onde passaria o exército sírio, seu inimigo, após uma revelação de Deus. Sabendo disso, o rei da Síria mandou que seus homens encontrassem Eliseu para prendê-lo. A cidade de Dotã, onde o profeta esatva, foi cercada (2 Reis 6: 8-14).

O servo de Eliseu,, chamado Geazi, ao levantar pela manhã e ver que a cidade estava cercada, ficou desesperado. Porém, o profeta disse que não tivesse medo, porque o exército que estava com eles era maior (2 Reis 6:15-16).

Sabendo que seu servo não conseguia ter a mesma convicção, Eliseu orou ao Senhor e pediu para que ele conseguisse enxergar. Foi quando o rapaz  pôde ver cavalos e carros de fogo ao redor do profeta (2 Reis 6:17).

Além disso, vendo que o exército sírio chegava mais perto, Eliseu orou a Deus e pediu para que os cegasse. Dessa forma, Eliseu disse a eles que estavam na cidade errada e os guiou para Samarina. Ao chegar, orou novamente e tornaram a ver. Porém, conforme orientação do profeta, o rei de Israel não os feriu, mas os alimentou e os enviou de volta à Síria, fazendo com que as tropas não entrassem mais naquelas terras (2 Reis 6:18-23).

Cegueira do homem

Geazi somente conseguia ver o que os seus olhos alcançavam e ficou com muito medo do que via. Porém Eliseu estava ali, sabendo que não era nada daquilo e que Deus daria o livramento no tempo certo.

Há momentos em que não conseguimos enxergar um palmo à frente do nariz. É quando esquecemos todas as promessas de Deus, as palavras que já ouvimos e “colocamos a fé no bolso”. Deixamos tudo de lado o que já aprendemos com Ele para acreditar nos nossos olhos.

Até quando o nosso olhar pode ser limitado?

Geazi andava com um profeta de Deus, lado a lado, diariamente, e sabia o quanto ele buscava ao Senhor e como caminhava pela fé. Mas mesmo assim foi limitado por sua falta de fé.

É isso que nos limita a ver além, a nossa falta de fé. Quando olhamos para uma situação e não vemos para onde correr, como nos livrarmos daquilo, nos vemos em uma circunstância em que não há como ir para frente e nem para trás.

Se tivermos a cegueira do homem natural, não conseguiremos entender o que Deus tem preparado, porque somente os que possuem visão de Deus são capazes de enxergar o livramento.

"Mas, como está escrito: Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam." 1 Coríntios 2:9
Visão de Deus

Eliseu estava tranquilo porque tinha a capacidade de ter a visão de Deus. Ele não se desesperava pelo que via, mas acreditava naquilo que Deus mostrava e tinha certeza que estava a salvo.

É essa a diferença daqueles que têm fé no agir de Deus. Não se desesperam, não se esquecem da sua fé, não deixam de lado tudo o que já sabem e o que já aprenderam no caminhar com Deus. Quem tem visão de Deus vai além e dá testemunho.

Para que Geazi não continuasse com sua falta de fé, Eliseu orou para que ele também fosse capaz de ver as coisas de outro modo, para que sua cegueira humana não o limitasse de viver o milagre.

Com certeza há situações difíceis, que são tão brutais e violentas física e psicologicamente que, se não há visão espiritual de tudo, nos jogamos no buraco negro da incerteza e deixamos que o desespero seja ainda maior.

Que a fé, a certeza das coisas que não se vê, seja maior que qualquer circunstância, a ponto de conseguir dar um passo adiante para viver o milagre.

"O SENHOR abre os olhos aos cegos, o SENHOR levanta os abatidos, o SENHOR ama os justos." Salmos 146:8

Além do possível

Eliseu não somente orou para que Geazi enxergasse o que Deus estava fazendo, como também pediu para que o exército inteiro ficasse por um tempo cego.

Parece estranho um homem de Deus pedir para outras pessoas ficarem cegas, mas isso era preciso para que nenhuma morte acontecesse pela falta de sabedoria daqueles homens.

Aqueles homens poderiam ser mortos porque ao abrirem os olhos estavam em Israel. Porém o rei ouviu a direção do profeta e deu água, comida e os enviou de volta a seu povo.

Às vezes, Deus nos permite um tempo, um momento de cegueira para que não nos percamos em nossas próprias razões, em atitudes erradas e, no impulso de querer fazer o certo, fazer o errado.

A cegueira permitida por Deus naquele instante foi para que aqueles homens pudessem perceber que há sim como evitar mortes, guerras, com atitude de compaixão. É possível salvar vidas quando agimos conforme Ele quer e não segundo nossos ímpetos.

"Porém, se não o ouvirem, serão traspassados pela lança e morrerão na sua cegueira." Jó 36:12

Que possamos ter fé o suficiente para sermos capazes de enxergar o que Deus tem para nós, independentemente das situações ao redor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário